Início > Geral > Carta aberta dos Professores/Pesquisadores do DF-UFRPE

Carta aberta dos Professores/Pesquisadores do DF-UFRPE

Às agências de financiamento a pesquisa e/ou pós-graduação(CAPES, CNPq, FACEPE) e SBF

Prezados Senhores Dirigentes

O Departamento de Física da UFRPE foi oficialmente criado em 2006, com o desmembramento do então Departamento de Física e Matemática. Com o objetivo claro de se caracterizar como um novo centro de ensino, pesquisa e pós-graduação na UFRPE, não apenas um prestador de serviços acadêmicos aos departamentos da UFRPE que fazem parte de sua grade vocacional, um esforço extraordinário foi praticado por seus docentes para criação de um curso de Pós-Graduação em Física Aplicada. Nosso curso foi aprovado pelo comitê técnico da Capes em 2008 e foi iniciado em 2009, tendo sua primeira turma de alunos formados no início de 2011. Quando de sua aprovação pela Capes de forma condicional, várias promessas e compromissos foram assumidos pela administração central desta UFRPE, no sentido de garantir as condições infra-estruturais mínimas para o bom funcionamento do novo curso. No entanto, apesar do DF contar à época de criação do PPGFA com alguns pesquisadores detentores de bolsas de produtividade em pesquisa do CNPq, conseguidas diga-se de passagem à duras penas, iniciamos o curso em condições precárias, na certeza de que a contra-partida da administração central seria honrada. Passados 03 anos, verificamos que além de as promessas não terem sido cumpridas, as condições de trabalho deterioraram-se tanto a ponto de constrangidos estarmos recorrendo a instâncias “extra muros” para que nossas reinvidicações sejam ouvidas. Durante esse período, inúmeras gestões praticadas pelo nosso superior imediato o Diretor do DF, coordenadores de PG e por pesquisadores de forma individual, foram feitas junto a administração central e sempre ouvíamos as mesmas promessas e as frases de efeito que queríamos ouvir. Convém aqui, citar algumas das tantas precariedades as quais temos sido submetidos:

1. o sistema de fornecimento de energia elétrica para nosso prédio chegou ao colapso nos últimos meses apesar de os problemas terem sido alertados a mais de um ano. Para se dar uma clara idéia do problema um de nossos bolsistas de produtividade Prof. Luciano Bueno ter sido proibido de ligar os equipamentos adquiridos com recursos do CNPq e FACEPE, inviabilizando o cumprimento de prazos e ameaçando a manutenção da produção científica e como consequência a sua bolsa de pesquisador. Os laboratórios já existentes tiveram vários equipamentos novos danificados de forma permanente. Os que ainda resistem estão sendo utilizados de forma precária e tememos por seu futuro. Outrossim, dentro dos precários gabinetes de professores, temos muitos casos de computadores, impressoras e outros danificados pela flutuação de rede elétrica. Nos casos mais graves, temos professores pesquisadores há vários meses sem condicionadores de ar ou até iluminação. Tivemos recentemente que conduzir pesquisadores visitantes para trabalharem no hotel pois não tínhamos condições de mantê-los no DF em condições tão precárias. Temos sistematicamente evitado trazer pesquisadores visitantes para nosso DF por nos sentirmos constrangidos com as condições que oferecemos. Não menos importante, os alunos de IC, PG e PET trabalham em condições inaceitáveis para um bom rendimento. Temos as situações esdrúxulas de na cozinha termos que desligar uma cafeteira para ligarmos o microondas em virtude de não haver disponibilidade de oferta para tal aumento da carga. Os funcionários administrativos também estão sendo submetidos a condições precaríssimas. Professores tendo que abandonar seu local de trabalho para desenvolver suas atividades acadêmicas mínimas em suas residências

2. O DF não conta com instalações sanitárias adequadas para seus usuários(docente, discente e visitantes locais ou de outras instituições). Na realidade, nos sentimos indignados com tal situação, pois não temos possibilidade de oferecer aos que nos procuram as mínimas condições que desejaríamos.

3. Temos problemas sérios de segurança, uma vez que não contamos com extintores de incêndio de fácil acesso e em condições de operação.

4. Temos problemas frequentes de falta d`água, agravando ainda mais os problemas acima citados.

5. As salas de aula do DF estão sem condições para abrigar aulas, seminários ou qualquer outra atividade. Infiltrações, mofo, fiação elétrica aparente, tapumes nas janelas, cupins, lousas danificadas, ventiladores de teto oxidados, carteiras danificadas, etc. Das quatro salas existentes no DF, apenas uma ainda encontra-se em uso.

Os problemas acima citados são parte de um conjunto maior que inclui descaso com nossa função na instituição, tratamento inadequado do ponto de vista infra-estrutural para os professores recém-contratados, comprometimento das atividades de ensino de graduação e/ou Pós-Graduação com as condições precárias a que temos sido submetidos, sem falar do desgaste emocional a que estamos sujeitos no cotidiano de nossas atividades. Estamos também cientes de que nosso desempenho acadêmico-científico trará prejuízos incalculáveis não so para os nosso corpo discente em formação assim como para os detentores de bolsa de produtividade, além dos contemplados com recursos de projetos de pesquisa individuais pelas agências acima citadas.

Vimos portanto, com todo o respeito que nossos superiores hierárquicos merecem, informar e alertar as reais condições a que estamos nos deparando cotidianamente, e nos imbuírmos da esperança de que agentes externos a nossa querida UFRPE, tenham melhor poder de persuasão junto a nossa administração central.

Professores:

ARTUR DA SILVA GOUVEIA NETO
ANTONIO RODRIGUES DE CASTRO ROMAGUERA
ADAUTO JOSÉ FERREIRA DE SOUZA
ERNANDE BARBOSA DA COSTA
JAIRO RICARDO ROCHA DE OLIVEIRA
LUCIANO AVALLONE BUENO
MICHAEL LEE SUNDHEIMER
PAULO ROBERTO DE ARAÚJO CAMPOS
SARA CRISTINA PINTO RODRIGUES
VIVIANE OLIVEIRA

Fonte: Boletim da Sociedade Brasileira de Física – 29 de Abril de 2011

Anúncios
Categorias:Geral
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: